fbpx

Eficácia da Ozonioterapia nos potenciais evocados visuais (PEV) em pacientes diabéticos

O envolvimento do sistema nervoso central é uma complicação frequente, porém subestimada, do diabetes mellitus. Os potenciais evocados visuais (PEV) são um método simples, sensível e não invasivo para detectar alterações precoces nas vias ópticas centrais.

O ensaio clínico randomizado paralelo de Izadi et al. (2023) teve como objetivo avaliar o impacto da terapia com ozônio nas vias visuais em pacientes diabéticos.

Sessenta pacientes com diabetes tipo 2 que visitaram clínicas da universidade Baqiyatallah no hospital de Teerã (Irã) foram distribuídos aleatoriamente em dois grupos experimentais: Grupo 1 (N = 30) submetidos a um ciclo de 20 sessões de oxigenoterapia sistêmica com ozônio além da terapia padrão terapia para controle metabólico; Grupo 2 (N = 30) – servindo como controle – recebendo apenas terapia padrão contra diabetes. Os desfechos primários do estudo foram dois parâmetros de VEP; Latência da onda P100 e amplitude P100 em 3 meses. Além disso, os níveis de HbA1c foram medidos antes do início do tratamento e três meses depois como objetivo secundário do estudo.

Todos os 60 pacientes completaram o ensaio clínico. No presente estudo, a condução de impulsos através das vias ópticas, em termos de redução da latência do P100, melhorou significativamente 3 meses desde o início da terapia com ozônio, implicando um ciclo de 20 sessões de tratamento. Não houve diferença significativa entre os valores basais e medidas repetidas da amplitude da onda P100 ao longo do tempo em ambos os grupos. Nenhum efeito adverso foi registrado.

Os autores concluíram que a ozonioterapia reduziu a latência da onda P100 e melhorou o controle glicêmico em pacientes diabéticos. A ozonioterapia pode ser recomendada como tratamento complementar à terapia padrão para melhorar a condução de impulsos nas vias visuais de pacientes diabéticos. Um ciclo de tratamento de terapia com ozônio provavelmente deveria envolver pelo menos 20 sessões.

Além disso os autores citam que o efeito benéfico do ozônio precisa ser explorado mais profundamente, para compreender potenciais mecanismos terapêuticos adicionais contra a neuropatia diabética, além do controle glicêmico. Dado que os parâmetros anormais de PEV em pacientes diabéticos podem ser devidos a distúrbios da retina ou do trato óptico, ou ambos, PERG e PEV simultâneos são recomendados em estudos de pesquisa futuros, para isolar a área nas vias visuais alvo da terapia com ozônio.

Clique aqui e faça o download do artigo.

Referência:

Izadi M, Javanbakht M, Sarafzadeh A, Einollahi B, Futuhi F, Vahedi Z, Zhao S, Jonaidi-Jafari N, Hosseini MS, Nejad JH, Naeimi E, Saadat SH, Ghaleh HEG, Fazel M, Einollahi Z, Cegolon L. Efficacy of ozone therapy on visual evoked potentials in diabetic patients. Diabetol Metab Syndr. 2023 Jun 26;15(1):140. doi: 10.1186/s13098-023-01114-w. Erratum in: Diabetol Metab Syndr. 2023 Jul 7;15(1):153. PMID: 37365632; PMCID: PMC10291751.

Share:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog Philozon

Postagens relacionadas

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp

O FORMULÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

 Em breve um consultor entrará em contato com você.

SUA AVALIAÇÃO FOI ENVIADA COM SUCESSO!

SUA DOCUMENTAÇÃO FOI ENVIADA COM SUCESSO

Por gentileza, informar seu consultor que o cadastro foi realizado.