fbpx

Ozonioterapia no tratamento de Osteonecrose da mandíbula relacionada aos bisfosfonatos

Ozonioterapia no tratamento de Osteonecrose da mandíbula relacionada aos bisfosfonatos

A degeneração do tecido ósseo cria condições ideais para a proliferação de bactérias. Na cavidade oral, um ambiente polimicrobiano, as superinfecções são uma complicação frequente e importante na osteonecrose. Esse processo pode sustentar e agravar a necrose óssea. Neste artigo vamos avaliar um estudo de osteonecrose e uso da ozonioterapia nas superinfecções. 

A complexidade do tratamento da osteonecrose é evidente, já que a homeostase óssea alterada dificulta a eficácia de procedimentos terapêuticos e profiláticos, como a remoção cirúrgica da lesão ou a administração de oxigênio hiperbárico. Em alguns pacientes, a ozonioterapia tem se mostrado uma opção promissora para combater as superinfecções, uma vez que os antimicrobianos podem não ser eficazes.

O objetivo do estudo de Agrillo et al. (2007) foi incluir a Ozonioterapia como uma abordagem nova para o manejo clínico de lesões necróticas.

De 58 pacientes afetados pela osteonecrose, 33 deram seu consentimento para fazer parte da pesquisa e foram tratados de acordo com uma abordagem terapêutica, que incluiu cirurgia não invasiva associada ao ozônio cíclico pré e pós-cirúrgico. Cada ciclo consistiu em oito sessões com duração de 3 minutos cada com uma frequência quinzenal. Todos os pacientes foram submetidos a antibiótico e terapias antifúngicas e foram administrados ácidos em conjunto com um bochecho de clorexidina a 0,2%.

Dos 33 pacientes tratados com Ozonioterapia, 18 pacientes (54%) apresentaram cicatrização da lesão com desaparecimento da sintomatologia, 10 (30%) apresentaram a lesão com uma sintomatologia notável melhora, enquanto 5 pacientes (16%), embora experimentando melhora parcial de seus sintomas, não apresentaram resultados clinicamente relevantes na lesão.

Em 85% dos casos experimentamos uma melhora clara de todos os sintomas de osteonecrose da mandíbula relacionados aos bisfosfonatos.  O que pode-se concluir que em ocorrências de osteonecrose o uso da ozonioterapia pode combater as superinfecções.      

Resultados mostraram como a Ozonioterapia aumenta os benefícios de tratamentos cirúrgicos e farmacológicos, aumentando a cicatrização completa das lesões com o desaparecimento dos sintomas e traz casos de progressão da lesão até zero.

 

BAIXE O CONTEÚDO EM PDF AQUI

 

Referência:

Agrillo A, Ungari C, Filiaci F, Priore P, Iannetti G. Ozone therapy in the treatment of avascular bisphosphonate-related jaw osteonecrosis. J Craniofac Surg. 2007 Sep;18(5):1071-5. doi: 10.1097/scs.0b013e31857261f.

Share:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog Philozon

Postagens relacionadas

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp

O FORMULÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

 Em breve um consultor entrará em contato com você.

SUA AVALIAÇÃO FOI ENVIADA COM SUCESSO!

SUA DOCUMENTAÇÃO FOI ENVIADA COM SUCESSO

Por gentileza, informar seu consultor que o cadastro foi realizado.