fbpx

Ozonioterapia na Periodontia

A Ozonioterapia na Periodontia, traz estudos que demonstram que o uso da água ozonizada em bochechos diminui a adesão de placa à superfície dental, assim como neutraliza totalmente culturas de Staphylococcus aureus (Nagayoshi et al.).

A água ozonizada mostrou-se mais biocompatível quando comparada a outros antissépticos, inclusive o gás ozônio, quando aplicada em célula epitelial oral e fibroblasto de gengiva (Huth et al.).

A água ozonizada também se mostrou eficiente na redução de Candida albicans aderidas às próteses totais (Arita et al.).

Cardoso et al. (2008) avaliaram a efetividade da água ozonizada como um agente irrigante para eliminar Enterococcus faecalis e Candida albicans e ainda neutralizar endodotoxinas do sistema de canais radiculares.

Nagayoshi et al. (2004) avaliaram o efeito da água ozonizada (4 mg/L) sobre vários microrganismos e um modelo de placa dental experimental. Após 10 segundos de contato quase nenhum microrganismo foi detectado. Ainda mais, a água ozonizada inibiu fortemente a formação e adesão da placa dental. Assim os autores concluíram que a água ozonizada pode ser útil na redução da infecção causada por esses microrganismos presentes na placa dental.

A ozonioterapia tem sido uma técnica cada vez mais utilizada em procedimentos de periodontia na odontologia. Com sua ação oxidante, o ozônio presente na terapia ajuda na redução do número de bactérias nas superfícies dos dentes e gengivas, o que auxilia no tratamento da gengivite e periodontite, que são doenças inflamatórias e infecciosas que afetam as gengivas e os tecidos ósseos que sustentam os dentes.

Além disso, a ozonioterapia também tem se mostrado eficaz na promoção da cicatrização de lesões bucais, o que a torna uma opção benéfica e segura para o tratamento de diversas condições periodontais. Com isso, a ozonioterapia tem se tornado cada vez mais comum na odontologia moderna como uma ferramenta auxiliar importante em procedimentos de periodontia que requerem uma abordagem abrangente e efetiva para a saúde bucal.

Atenção: A exposição do gás ozônio via aérea NÃO É UM PROTOCOLO DE TRATAMENTO. O ozônio nunca deve ser cheirado ou inalado, sendo importante manter o ambiente de aplicação ventilado.

AÇÕES DA ÁGUA OZONIZADA:
• Anti-inflamatória
• Analgésica
• Cicatrizante
• Antisséptica

No Brasil, a prática da Ozonioterapia na Odontologia foi regulamentada pelo Conselho Federal de Odontologia através da resolução CFO-166/2015.

As informações contidas neste site são informativas e não substituem a avaliação de um profissional habilitado. Qualquer tratamento deve ser realizado por profissional habilitado.

Share:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog Philozon

Postagens relacionadas

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp

O FORMULÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

 Em breve um consultor entrará em contato com você.

SUA AVALIAÇÃO FOI ENVIADA COM SUCESSO!

SUA DOCUMENTAÇÃO FOI ENVIADA COM SUCESSO

Por gentileza, informar seu consultor que o cadastro foi realizado.