fbpx

Hormônios andrógenos podem influenciar no aparecimento da acne?

Hormônios andrógenos podem influenciar no aparecimento da acne?

Hormônios andrógenos e acne

Muitas alterações da pele que podem ocorrer durante a vida são causadas por pequenas glândulas chamadas glândulas sebáceas. Essas glândulas produzem e secretam uma substância oleosa chamada sebo. A partir da puberdade, as glândulas sebáceas aumentam de tamanho e começam a secretar sebo, sendo a maior parte do sebo secretado entre 15 e 35 anos de idade.

As glândulas sebáceas, como muitas outras partes da pele, possuem receptores que são influenciados pelos hormônios. Essas glândulas são afetadas de forma mais dramática pelos andrógenos, que são hormônios sexuais. Quando há mais andrógenos se ligando aos receptores das glândulas sebáceas, mais sebo é produzido. Isso pode levar a uma pele visivelmente mais oleosa e pode evoluir para acne.

A acne hormonal ocorre em épocas específicas da vida, como na adolescência, período onde a produção de testosterona aumenta tanto para os meninos quanto para as meninas. Isso resulta em um desequilíbrio hormonal, que provoca uma maior produção de sebo, que pode causa a obstrução dos poros, a proliferação excessiva de bactérias e, por fim, espinhas.

No período menstrual muitas mulheres passam por uma oscilação de níveis hormonais. Além disso, esse “sobe e desce” pode ter um impacto significativo nas crises de acne. Da mesma forma, durante a gestação, há outro momento de grande oscilação hormonal. Isso pode estar relacionado aos diferentes níveis relativos ao estrogênio e à progesterona durante a gravidez.

Depois de interromper o uso de pílulas anticoncepcionais, a produção hormonal pode oscilar até entrar em equilíbrio novamente. Como resultado, nesse período de adaptação podem aparecer as espinhas. Além disso, na época da menopausa, os níveis de estrogênio no corpo começam a baixar. Essas alterações nas proporções de diferentes hormônios, portanto, podem estimular a produção de sebo, provocando o surgimento de acne.

Além disso, a Síndrome dos Ovários Policísticos, que acomete uma a cada 15 mulheres, também pode causar as indesejadas espinhas, assim como a hiperplasia congênita da glândula suprarrenal e tumores nos ovários. Esses indutores acabam estimulando a glândula sebácea que, por sua vez, produz sebo em quantidades excessivas, promovendo a proliferação de microrganismos e a inflamação da pele.

O hábito diário de limpar e tratar a pele com tendência à acne, usando Dermocosméticos da linha Ozoncare, certamente contribuirá muito para manter a acne sob controle. Mas, se a sua acne for persistente, principalmente antes ou durante os períodos mencionados, pode ser hora de pensar em reequilibrar os hormônios com ajuda médica.


George R, Clarke S, Thiboutot D. Hormonal therapy for acne. Semin Cutan Med Surg. 2008 Sep;27(3):188-96.

Share:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog Philozon

Postagens relacionadas

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp

O FORMULÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

 Em breve um consultor entrará em contato com você.

SUA AVALIAÇÃO FOI ENVIADA COM SUCESSO!

SUA DOCUMENTAÇÃO FOI ENVIADA COM SUCESSO

Por gentileza, informar seu consultor que o cadastro foi realizado.