fbpx

Injeção de ozônio no tratamento da Fascite Plantar crônica

A Fascite Plantar (FP) é uma das causas mais comuns de dor no calcanhar, responsável por cerca de 10% a 11% dos problemas nos pés que requerem tratamento especializado em adultos. A área afetada geralmente fica próxima da fixação da fáscia plantar no aspecto medial da tuberosidade do calcâneo. Recentemente, a injeção de ozônio foi introduzida para doenças músculo-esqueléticas degenerativas e inflamatórias como uma terapia adjuvante. 

Várias intervenções foram propostas para o tratamento da FP, incluindo splinting noturno, injeção de corticosteróide, fisioterapia, antiinflamatórios, ondas de choque, cirurgia e fasciotomia. No entanto, existem opiniões diferentes sobre a abordagem de tratamento mais benéfica e eficaz. 

Os tratamentos conservadores não cirúrgicos são eficazes em mais de 90% dos pacientes. Aproximadamente 10% dos pacientes com FP são resistentes e requerem diferentes abordagens de tratamento, como injeção local de corticosteróide. Embora esta injeção de corticosteroide na PF tenha sido aceita como tratamento comum, seus efeitos são de ação curta e limitados. Também há o risco de atrofia da almofada de gordura no calcanhar.

Recentemente, a injeção de ozônio (O2-O3) foi introduzida para doenças músculo-esqueléticas degenerativas e inflamatórias. Não existem na literatura científica relatos de quadros alérgicos ou efeitos adversos destrutivos nos tendões ou cartilagens com uso de ozônio (O2-O3). Além disso, pode ser usado em pacientes com diabetes mellitus, hipertensão, gastrite, entre outras doenças, desde que prescrito e realizado por profissional capacitado.

O mecanismo pelo qual o ozônio (O2-O3) atua no tecido inflamado é reduzindo a produção de prostaglandinas e aumentando a atividade da enzima glicose 6-P desidrogenase. Assim, a injeção de ozônio (O2-O3) demonstrou ser benéfica nas patologias da coluna cervical e da coluna lombar.

Desta forma, o objetivo do estudo de Babaei-Ghazani et al. (2019) foi investigar a eficácia da injeção local de ozônio (O2-O3) em comparação com a injeção de esteróides no tratamento da FP crônica.

Foi realizado um ensaio clínico randomizado, incluindo trinta pacientes com Fascite Plantar crônica. Os pacientes foram divididos aleatoriamente em dois grupos sendo que o primeiro recebeu metilprednisolona (15 indivíduos) e o segundo, a terapia com ozônio (O2-O3; 15 indivíduos).

As seguintes medidas de resultado foram avaliadas antes da injeção, depois de duas semanas e 12 semanas após a injeção em cada grupo: dor matinal e diária por meio de escala visual analógica, atividades de vida diária, exercício por meio da medida de capacidade para os pés e tornozelos e espessura da fáscia plantar na inserção e 1 cm distal à sua inserção no calcâneo por meio de imagens ultrassonográficas.

Os resultados obtidos mostraram melhora significativa na dor, parâmetros funcionais e achados ultrassonográficos nos dois grupos (P <0,05). A redução da dor (diária e matinal) e a melhora diária da atividade foram melhores no grupo corticosteróide duas semanas após a injeção; No entanto, às 12 semanas, o grupo do ozônio (O2-O3) teve uma melhora significativamente maior (P ¼ 0,003, P ¼ 0,001, e P <0,017, respectivamente).

Os autores concluíram que ambos os métodos foram eficazes no tratamento da FP crônica. A injeção de esteróide proporcionou um efeito terapêutico mais rápido e de curto prazo. No entanto, a injeção de ozônio (O2-O3) levou a um resultado de tratamento lento e mais duradouro. Desta forma, a injeção de ozônio (O2-O3) pode ser um tratamento eficaz, com início lento e maior durabilidade no tratamento da FP crônica.

ACESSE O CONTEÚDO COMPLETO AQUI

Referência:

BABAEI-GHAZANI, A. et al. Comparison of Ultrasound-Guided Local Ozone (O2-O3) Injection vs Corticosteroid Injection in the Treatment of Chronic Plantar Fasciitis: A Randomized Clinical Trial. Pain Med, Malden, v.20, n.2, p.314-322, 2019.

Share:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog Philozon

Postagens relacionadas

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp

O FORMULÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

 Em breve um consultor entrará em contato com você.

SUA AVALIAÇÃO FOI ENVIADA COM SUCESSO!

SUA DOCUMENTAÇÃO FOI ENVIADA COM SUCESSO

Por gentileza, informar seu consultor que o cadastro foi realizado.